ABB terá fábrica de robótica

 

Pioneira em tecnologia digital, a ABB anunciou um grande investimento de 150 milhões de dólares em Xangai, na China, para construir a fábrica de robótica mais avançada, automatizada e flexível do mundo – um centro de ponta onde robôs fabricam robôs.

O novo centro de fabricação Kangqiao, próximo ao amplo campus de robótica da China, combinará as tecnologias digitais conectadas da empresa, incluindo as soluções do ABB Ability™, robótica colaborativa de última geração e pesquisa inovadora de inteligência artificial para criar a “fábrica do futuro” mais sofisticada e ecologicamente sustentável. Espera-se que comece a operar até o final de 2020.

ABB
ABB

O anúncio é um marco significativo para a ABB como fabricante número 1 de robótica na China, além de um investimento de crescimento global representativo para a empresa no maior mercado de robótica do mundo. Em 2017, um em cada três robôs vendidos no mundo foi para a China, que comprou quase 138 mil unidades. Nos dias atuais, a ABB emprega aproximadamente 5 mil pessoas em Xangai. O ramo de robótica da empresa na China emprega mais de 2 mil engenheiros, especialistas em tecnologia e líderes operacionais em 20 localidades em todo o país. A ABB investiu mais de 2,4 bilhões de dólares na China desde 1992, com mais de 18 mil funcionários no total.

A ABB e o governo municipal de Xangai também assinaram um acordo abrangente de colaboração estratégica com foco no apoio à indústria, energia, transporte e infraestrutura na região, e para apoiar a iniciativa de manufatura “Made in Shanghai”. O acordo foi assinado pelo prefeito de Xangai, Ying Yong, e pelo CEO da companhia, Ulrich Spiesshofer.

“O compromisso da China em transformar sua produção é uma lanterna para o resto do mundo”, disse Spiesshofer. “A adoção estratégica das tecnologias mais recentes de inteligência artificial, robótica avançada e computação em nuvem apresenta um guia para todos os países que desejam ter uma base de produção mundialmente competitiva. Xangai se tornou um centro vital para a liderança em tecnologia avançada – para a ABB e o mundo. Estamos ansiosos para trabalhar com o prefeito de Xangai, Ying Yong, outros líderes comunitários e nossos clientes ao lançar essa grande expansão da presença substancial da ABB na China, e aproveitar nossa jornada para nos tornarmos o principal fabricante de robôs na China, que teve início em Xangai, há duas décadas”.

A nova fábrica de Xangai contará com várias soluções de aprendizado de máquina, digitais e colaborativas para torná-la a fábrica mais avançada, automatizada e flexível da indústria de robótica. Um centro de pesquisa e desenvolvimento no local ajudará a acelerar inovações em inteligência artificial. Com o uso de uma nova abordagem de design global anunciada pela ABB no início deste ano, a fábrica poderá aumentar drasticamente tanto a amplitude (tipo de robô) quanto a profundidade (variantes de cada tipo) de robôs que podem ser fabricados no local, permitindo maior e mais rápida personalização para atender às necessidades dos clientes.

A ABB também poderá combinar esse extenso portfólio de robótica para um número quase ilimitado de soluções personalizadas. “O conceito por trás dessa fábrica é o mesmo conselho que damos aos nossos clientes todos os dias: investir em soluções de automação que proporcionam flexibilidade e agilidade para crescer em qualquer direção que o mercado siga”, disse Sami Atiya, presidente da divisão de Robotics & Motion. “A ABB se orgulha de ajudar os clientes na China e em todo o mundo com soluções que tiram proveito das tecnologias mais recentes para enfrentar os desafios de customização em massa, ciclos mais rápidos e constantes mudanças que se tornaram o novo padrão – até mesmo em nossas próprias fábricas”.

Toda a fábrica de Xangai será modelada como um gêmeo digital, que fornecerá painéis intuitivamente adaptados para gerentes, engenheiros, operadores e especialistas em manutenção, de modo que eles tomem as melhores decisões. Isso inclui a coleta e análise de informações por meio do Connected Services, do ABB Ability™, quanto a integridade e o desempenho de robôs na fábrica, para garantir a antecipação de possíveis anomalias. Além de evitar o dispendioso tempo de inatividade, o ABB Ability™ oferece soluções digitais avançadas que podem melhorar o desempenho, confiabilidade e uso de energia, além de fornecer acesso às melhores plataformas do mundo, como a nuvem empresarial Microsoft Azure, o primeiro serviço de nuvem pública internacional usado na China.

Design inovador – A nova fábrica terá uma planta baixa inovadora e flexível, baseada em ilhas interligadas de automação, em vez de linhas de montagem fixas. As soluções de automação logística da ABB serão usadas em toda a fábrica, incluindo veículos operados automaticamente, que podem acompanhar robôs de forma autônoma enquanto se movem pela produção, fornecendo a eles peças de estações localizadas. Isso permitirá a produção se adaptar e dimensionar de maneira eficiente às mudanças no mercado de robôs da China, sem a necessidade de expansões de capacidade adicionais.

Per Vegard Nerseth, diretor administrativo de negócios de robótica da ABB, disse: “Há uma grande mudança em relação a olhar para o tamanho da fábrica e os investimentos em CAPEX, como forma de atender à demanda futura. O conceito por trás da nossa nova fábrica é fazer uso mais inteligente e flexível de cada metro disponível na produção. É proveniente da combinação de soluções ágeis de automação com as excelentes competências do nosso pessoal”.

Para ajudar na mudança para a customização em massa na fabricação e garantir os mais altos níveis de produtividade e flexibilidade, a nova fábrica de Xangai fará amplo uso do software SafeMove2 da ABB, que permite que pessoas e robôs trabalhem com segurança, próximos uns dos outros. Além disso, os robôs YuMi da ABB permitirão uma colaboração próxima em muitas das tarefas de montagem de peças pequenas, necessárias para fabricar um robô da companhia.

A ABB foi uma das primeiras empresas no mercado de robótica da China e o primeiro fornecedor global de robôs do país a ter uma cadeia de valor local completa, incluindo pesquisa e desenvolvimento, fabricação, integração de sistemas e serviços. Pela estreita colaboração com o cliente, a empresa ajudou a introduzir muitos “primeiros” na produção local, incluindo: as primeiras prensas automotivas da China; linhas de soldagem e pintura; primeira linha de montagem para telefones celulares; e a primeira linha de prensas automatizada para produtos da linha branca.

“2018 celebra o 40º aniversário da política de reforma e abertura da China”, disse Dr. Chunyuan Gu, presidente da ABB na China e presidente da região da AMEA. “A ABB chegou cedo à China, e agora temos uma cadeia de valor totalmente localizada, apoiada pelo notável desenvolvimento econômico e social da China. Como líder de mercado na indústria de robótica na China, temos a satisfação de tirar partido desse êxito e dar continuidade ao nosso ritmo de investimento”.

A nova fábrica de Xangai – com um abrangente centro de pesquisa e desenvolvimento no local – se tornará parte essencial do sistema mundial de fornecimento de robôs da ABB em conjunto com a fábrica recém-atualizada da empresa, em Västerås, na Suécia, e da fábrica em Auburn Hills, Michigan, onde a companhia continua sendo a única empresa global fornecedora de robôs com produção nos EUA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *