fbpx

Relatório Anual 2017 – ALUBAR

Aumentar a capacidade de produção de alumínio em 50% é um dos maiores projetos da Alubar desde a inauguração da sua fábrica no município paraense de Barcarena, há vinte anos. Para alcançar esta meta, a empresa, que é líder na América Latina na fabricação de cabos elétricos de alumínio e produtora de condutores elétricos de cobre para média e baixa tensão, vem trabalhando com projetos a longo prazo que vêm se traduzindo em resultados concretos. Os de 2017 estão no Relatório Anual 2017, que está disponível no site http://www.alubar.net.br.

A publicação abrange os resultados financeiros e as ações desenvolvidas nas áreas de gestão de pessoas, meio ambiente, eficiência operacional, relacionamento com clientes e fornecedores, comunicação e tecnologia e projetos sociais, dentro e fora de Barcarena. “O ano de 2017 foi de muito aprendizado e determinante para chegarmos onde estamos hoje. Isso demonstra nosso compromisso com colaboradores, clientes e o Pará, atuando sempre em conformidade com a lei”, explica Maurício Gouvea (foto), diretor-executivo da empresa. A Alubar tem muito o que comemorar. Além de gerar mais de mil empregos entre diretos e indiretos no estado, a empresa garantiu premiações importantes no ano de 2017. Foi eleita como uma das melhores para trabalhar na Amazônia, segundo o Great Place To Work e também obteve o Selo de Integridade do Pró- Ética 2017, emitido pelo Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União (CGU) – foi a única empresa do Norte e Nordeste a receber a honraria. “Nossa força vem das pessoas, dos profissionais que compõem esse time tão competente e coeso. Sabemos que é importante desenvolver nossos colaboradores e preparar os gestores para atuar como porta-vozes nas nossas ações e estejam aptos para entender aas variações da economia, análises financeiras e consigam se comunicar com outros mercados internacionais”, comenta Gouvea. O Relatório Anual da Alubar tem versões em inglês, espanhol e mandarim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *