Recarga de veículos

A Itaipu Binacional e a Companhia Paranaense de Energia (Copel) inauguraram no dia 30 de agosto, em Foz do Iguaçu (PR), uma estação de recarga rápida de veículos elétricos que fará parte da eletrovia Foz do Iguaçu-Paranaguá. A eletrovia é a primeira do Estado e vai ligar a região Oeste ao litoral paranaense.

Foto: Alexandre Marchetti/ Itaipu Binacional

O eletroposto (como também é chamado) foi instalado na calçada em frente ao Centro de Recepção de Visitantes (CRV) de Itaipu, ao lado da barreira de controle da usina. Outros dois já estão em operação, em Paranaguá e Curitiba. A intenção é fechar o ano de 2018 com todos os postos instalados: serão 11, no total, ao longo de 700 quilômetros da BR-277.

A inauguração do dia 30 contou com a presença do diretor técnico executivo de Itaipu, Mauro Corbellini – que representou o diretor-geral brasileiro, Marcos Stamm – e do diretor da Copel Distribuição, Antonio Sergio Guetter.

Foto: Alexandre Marchetti/ Itaipu Binacional

À tarde, Stamm visitou a estação, acompanhado dos diretores Newton Kaminiski (coordenação) e Mario Antonio Cecato (financeiro executivo). “O mercado de veículos elétricos é uma condição que se impõe no mundo. Você não tem como se distanciar”, afirmou o diretor-geral. “Nós esperamos que esta inauguração seja um ato de vanguarda. Um ato que, realmente, represente esse futuro que está tão próximo”, completou.

Antonio Guetter destacou que “o pioneirismo é marca registrada da Itaipu e da Copel” e o papel dos pioneiros é estabelecer as bases de como será o futuro. “Daqui a alguns anos os eletropostos não serão mais novidade. Mas hoje estamos dando um passo importante em direção ao futuro. Estamos além da regulamentação, porque a inovação corre mais rápido que a regulamentação”.

Mauro Corbellini avalia que a mobilidade elétrica já é uma realidade no mundo e que a parceria entre Itaipu e Copel vai permitir que a nova tecnologia ganhe escala também no Brasil. “Os postos de abastecimento são necessários para que os veículos elétricos sejam popularizados. Com eles, teremos um mundo melhor e mais limpo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *