Best Site To Buy Generic Propecia Vaniqa Prescription Discount Card Real Cialis Soft Tabs 20 Mg Australia Buy Cheap Lamisil Where To Buy Lamisil Safely Online Can I Buy Viagra Over The Counter In Vietnam Januvia 50mg Prescription Online Legal

O DPS e seu papel na prevenção contra surtos e incêndios em edificações

Por Klecios Souza*

Seja por sobrecarga das instalações,  por falta de manutenção ou ainda devido à grande incidência de raios no Brasil – em média caem 77,8 milhões por ano no país – problemas na rede elétrica, doméstica ou comercial, podem ser apontados como um dos  principais causadores de incêndios em edificações. Para evitar esse tipo de situação, o uso de equipamentos como os Dispositivos de Proteção contra Surtos (DPS) torna-se medida mandatória na hora de montar a infraestrutura de um espaço. Essa medida de segurança poupa não só a edificação, mas também prolonga a vida útil de equipamentos eletroeletrônicos e eletrodomésticos que estejam conectados à rede elétrica.

PDA meio de release
PUBLICIDADE

Porque utilizar?

Quem atua no setor elétrico está mais do que habituado ao uso do DPS em todas as instalações, mas, para evitar acidentes, é importante ressaltar a necessidade do uso desse equipamento também em edificações. São esses dispositivos os responsáveis por detectar sobretensões transitórias na rede elétrica e desviar as correntes de surto para um sistema de aterramento, evitando acidentes que podem começar com a simples queima de um eletrônico ou eletrodoméstico.

O processo é rápido – ocorre em uma fração de segundo – e, por isso,  o disjuntor nem detecta a fuga da corrente. O que acontece é uma espécie de fechamento de curto entre fase e terra, sem que isso seja prejudicial para a instalação elétrica. E para que a proteção seja completa é preciso, além de seguir a norma regulamentadora 5410 (para evitar a queima do próprio DPS), contar com a ajuda de disjuntores, chamados de dispositivos de desconexão, que podem atuar em outros problemas como sobrecargas e curtos-circuitos para os quais o DPS não foi dimensionado. Nesses casos, o disjuntor será desarmado impedindo o aquecimento e princípios de possíveis incêndios.

Na hora de planejar um projeto arquitetônico, considerando toda a parte elétrica, é fundamental saber exatamente onde instalar o DPS e disjuntor. Para assegurar a continuidade de proteção, o ideal é inserir o DPS antes do disjuntor geral, pois, assim, mesmo com a falha do primeiro, o segundo continuará a funcionar.

Ainda em edificações, outra opção é aplicar o DPS depois do disjuntor geral, de forma que, nessa posição, a falha do primeiro desative o segundo e ocasione a interrupção da alimentação do circuito – que ficará desligado até o dispositivo de proteção contra surtos ser substituído corretamente.

Classificações de um DPS

Apesar das diversas aplicações, existem três classes de DPS voltadas para sobretensões em espaços específicos:

Classe I: dispositivos com capacidade para drenagem de correntes parciais de um raio, indicados para áreas urbanas periféricas e rurais, que ficam expostas a descargas atmosféricas diretas.

Classe II: dispositivos que drenam correntes induzidas, utilizados em edificações, com efeitos indiretos de descarga atmosférica.

Classe III: dispositivos instalados próximos a equipamentos ligados à rede elétrica, de dados ou telefônica, para proteção final.

Todas essas classificações são fundamentais para a segurança elétrica individual e coletiva.  No caso de projetos de edificações, entretanto, o mais indicado é focar no tipo II, voltado a surtos mais comuns, e que podem se transformar em acidentes gravíssimos com vítimas.

Contar com o uso de DPS em uma edificação é algo indispensável, principalmente, para evitar imprevistos como choques ou incêndios. Afinal, nunca se sabe quando poderão acontecer situações como a queda de um raio, picos de energia simples ou um blecaute geral. A instalação desse tipo de equipamento não é apenas um diferencial no projeto arquitetônico, mas sim uma necessidade básica para prevenção de desastres.

*Klecios
Souza é vice-presidente de Building da Schneider Electric Brasil.

Um comentário em “O DPS e seu papel na prevenção contra surtos e incêndios em edificações

  • setembro 19, 2019 em 3:24 pm
    Permalink

    Comercial Elétrica Moreira e Secco Ltda. Venda de produtos elétricos e hidráulicos em geral.
    Gostaria de receber materiais informativos e outros.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.