Uliana concentra 42 robôs Yaskawa Motoman

FOTO: YASKAWA / DIVULGAÇÃO YASKAWA


Uma parceria que já dura 14 anos e que se mantém em ascensão, até porque a Uliana Indústria Metalúrgica, desde que adquiriu o primeiro robô da Yaskawa Motoman, vem descobrindo ganhos de qualidade em seus produtos e processos e registrando expressiva produtividade, elementos que contribuem para o bom desempenho da companhia.


Referência no fornecimento de itens originais para a indústria automobilística, a Uliana possui atualmente 42 robôs em suas duas unidades de fabricação: Suzano (onde fica a sede) e na planta de Gravataí, no Rio Grande do Sul. “Iniciamos a utilização de robôs no setor de solda há muitos anos”, recorda-se Luiz Carlos Sbragia de Souza, diretor de operações da metalúrgica. A empresa só trabalha com robôs no setor de solda para atividades de Solda MIG, Solda Ponto, Solda Projeção, Solda Topo e Manipulação. “Devido à competitividade de mercado, com o tempo, percebemos nossa evolução na fabricação de conjuntos soldados que, no passado, sem os robôs, não tínhamos”, destaca.


Ainda de acordo com Sbragia, somente com excelência em qualidade e produtividade, a Uliana é capaz de produzir o IP CCB (Interior Panel Cross Car Beam), fornecido para os veículos Ônix, Prisma, Joy e Cobalt. O número de peças por dia fabricadas para o Ônix e Prisma são 1.300 peças (unidade Gravataí), 300 (em Suzano), 200 do Cobalt (em Suzano), totalizando 1.800 CCB´s. Para o Honda Civic são 180 para-choques/dia. Diversas outras peças são produzidas em robôs de solda MIG e Ponto, sendo 800.000 metros de Solda MIG/mês e 4.500.000 de pontos/mês, respectivamente.


O diretor de operações da metalúrgica comenta que quando da aquisição do primeiro robô houve necessidade de treinamento. Naquela ocasião, a Uliana contava com cerca de 50 funcionários no setor, sendo quatro deles treinados para operar o robô. Foram feitas mudanças conceituais de processo de estampagem, visando adequar os componentes para serem soldados, como também os setores de engenharia preparados, de modo que os novos produtos e processos utilizassem a tecnologia da robótica.


A Uliana, que este ano está completando 60 anos de atividades, reconhece que o desenvolvimento de conjuntos soldados está atrelado a utilização de robôs. Hoje possui aproximadamente 80 colaboradores que atuam em células robotizadas em três turnos de trabalho. Segundo Sbragia, o êxito da parceria está na estrutura e no pós-venda da Yaskawa Motoman, além, é claro, na qualidade dos produtos. “O período de negociações com a multinacional japonesa desde a identificação da demanda exigida pela Uliana até a entrega do robô varia em torno de 4 e 8 meses. Destaca-se ainda, que características como suporte e atendimento personalizado, mesmo para pequenos clientes da Yaskawa Motoman, se ajustam perfeitamente à nossa necessidade “, completa o diretor de operações da Uliana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.