Energia solar: confira 4 vantagens para produzir em casa

Cada vez mais consumidores têm aproveitado a incidência dos raios solares para produzir energia elétrica em busca de economia e sustentabilidade. Segundo a Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), o Brasil ultrapassou em 2021 a marca histórica de 8 gigawatts de capacidade instalada, sendo 5 gigawatts só na geração distribuída, aquela em que a energia é produzida pelo próprio consumidor.

Nesta modalidade, o telhado capta a luz solar e gera energia elétrica por meio do efeito fotovoltaico. A eletricidade é direcionada ao inversor solar, responsável pela conversão do tipo de corrente, de contínua para alternada, e então a energia é distribuída ao imóvel. Quatro vantagens de produzir energia solar em casa foram elencadas pelo especialista Leonardo Retto (foto), fundador da Telite, fabricante de telhas que possuem cápsulas fotovoltaicas compostas de grafeno acopladas para a captação da energia solar. Confira:

Leonardo Retto
Fundador da Telite

1) Gera economia na conta de energia elétrica

Com o sistema fotovoltaico, é possível cobrir até 100% do consumo de energia e reduzir em até 95% o valor da conta convencional de luz, segundo a estimativa da Absolar. “Mesmo durante a noite, o consumidor pode usufruir da própria energia, uma vez que a produção excedente segue para a rede elétrica e retorna em créditos, que podem ser utilizados no imóvel ou distribuídos em até 10 imóveis, desde que pertençam ao mesmo CPF ou CNPJ”, explica.

Vale frisar que a economia não alcança 100% porque é preciso pagar à concessionária local duas tarifas, uma taxa mínima de conexão com a rede e o ICMS da TUSD (Tarifa de Uso dos Sistemas Elétricos de Distribuição) sobre a energia que retorna como crédito.

2) Reduz o impacto dos reajustes tarifários

Hoje a energia elétrica é produzida, basicamente, em hidrelétricas, que utilizam a água como recurso. Em face dos níveis dos reservatórios, há reajustes nas tarifas para os consumidores; especialistas estimam que a conta de luz do brasileiro seguirá na bandeira vermelha 2 (a mais alta do sistema) até o fim de 2021, com as térmicas em funcionamento para poupar água até a chegada da estação chuvosa. “Com o uso do sistema fotovoltaico, o consumo da energia fornecida pela concessionária reduz de forma significativa e o impacto dos reajustes tarifários diminui na mesma proporção”, afirma o especialista.

3) Ajuda a preservar o meio ambiente

Enquanto algumas fontes de energia tradicionais são dependentes de combustíveis fósseis e emitem gases que provocam o aquecimento global, o sol é uma matriz de energia limpa e renovável. “Reduzir a dependência de recursos finitos e tirar proveito de uma matriz energética sustentável ajuda a preservar o meio ambiente”, afirma o fundador da Telite, que destaca o impacto positivo do uso da energia solar para o meio ambiente. “Uma vez instalado, o sistema fotovoltaico é capaz de produzir energia sem emitir CO2“, argumenta.

4) Proporciona a valorização do imóvel para venda

Na avaliação de Retto, o sistema fotovoltaico ainda pode ser considerado um investimento com retorno financeiro em função da valorização do imóvel para venda, por oferecer uma redução significativa da despesa com energia elétrica, na comparação com outros imóveis. “Essa economia é refletida no valor do imóvel. O comprador tende a reconhecer o sistema de energia solar como valor agregado e estar disposto a pagar mais por esse imóvel”, avalia.

Com a tecnologia desenvolvida pela Telite, o consumidor não precisa ter estrutura de telhado para instalar o sistema fotovoltaico porque a própria telha, que pesa cinco quilos e meio e mede 1,90m por 1,10m, já conta com cápsulas de grafeno acopladas e faz a geração da energia solar. “A nossa telha tem vários padrões de geração porque o que produz a energia é a cápsula de grafeno, então posso espalhar cápsulas em 2,07m² de telha e atingir de 30 a 105 quilowatts hora/mês por telha, conforme a necessidade de cada cliente”, conta Retto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.