Casa dos Ventos anuncia parceria

A Casa dos Ventos, uma das pioneiras e maiores investidoras no desenvolvimento de projetos eólicos no Brasil, anuncia que assinou com a Vale S.A. contrato de fornecimento de energia de longo prazo para o parque eólico Folha Larga Sul, localizado em Campo Formoso, na Bahia. Com potência instalada de 151,2 MW, o projeto possui energia contratada por 23 anos, o maior prazo já assegurado por um parque eólico no país. Pelo acordo, todo investimento na planta – de R$ 750 milhões – é de responsabilidade da Casa dos Ventos. O início da operação comercial está prevista para o primeiro semestre de 2020.

O modelo de contratação, conhecido como PPA bilateral (Power Purchase Agreement, da sigla em Inglês), permite que grandes consumidores de energia negociem diretamente com as empresas geradoras. O acordo prevê ainda a possibilidade de a Vale configurar futuramente como sócia do projeto.

“Desenvolvemos um modelo sob medida, no qual somos responsáveis pela construção e operação do empreendimento, tendo nosso parceiro a possibilidade de, no futuro, tornar-se acionista do ativo, gerando sua própria energia na modalidade de autoprodução”, explicou Lucas Araripe (foto), diretor de Novos Negócios da Casa dos Ventos.

Segundo Araripe, a aproximação entre geradores eólicos e grandes consumidores é uma tendência mundial, uma vez que a fonte se tornou uma das formas mais baratas de se gerar energia e vai ao encontro da crescente demanda por parte das empresas de garantirem um suprimento energético sustentável. “A contratação por prazos maiores também garante uma previsibilidade, o que é interessante em países como o Brasil, onde existe uma alta volatilidade de preços”, completa.

Para o diretor-executivo de Suporte aos Negócios, Alexandre Pereira, a parceria com a Casa dos Ventos é mais um passo na estratégia da empresa de atingir 100% de autoprodução de energia elétrica limpa no Brasil até 2030. “Hoje, cerca de 60% de toda a energia que consumimos no país é de autoprodução, vinda de fontes renováveis”, explica Pereira. No Brasil, a Vale é proprietária ou opera em parceria dez usinas hidrelétricas e três pequenas centrais elétricas, além de um parque eólico no Ceará.

O projeto Folha Larga Sul terá 36 turbinas de última geração da dinamarquesa Vestas, líder mundial na fabricação de aerogeradores. As obras começam em abril deste ano e contam com um dos primeiros financiamentos contratados no Banco do Nordeste (BNB) para o mercado livre. “Folha Larga Sul é primeiro projeto da companhia com financiamento do BNB, demonstrando o forte apoio do banco para o setor e a evolução das condições de apoio a nova realidade de comercialização”, disse Ivan Hong, diretor Financeiro da Casa dos Ventos.

PPAs renováveis: uma tendência mundial – Apesar de ainda pouco difundido no Brasil, países como os Estados Unidos e diversos outros da Europa apresentam um grande número de companhias que, gradativamente, vêm adquirindo energia renovável para suas operações. Segundo a Bloomberg New Energy Finance (BNEF), até setembro de 2018, os novos PPAs bilaterais de eólica e solar totalizavam 8,4 GW de potência instalada no mundo, representando um aumento de 70% em relação a 2017, quando 5,4 GW foram viabilizados nesta modalidade. De acordo com o relatório do International Renewable Energy Agency (IRENA), em 2018, o fornecimento corporativo de energia limpa ultrapassou 465 terawatts-hora (TWh), montante correspondente à demanda total de eletricidade da França.

“Nos últimos anos três anos inauguramos cinco complexos eólicos voltados para o mercado regulado, totalizando 1,1 GW de capacidade instalada em um programa de investimento de R$ 6,5 bilhões. Recentemente, temos buscado customizar soluções e auxiliar grandes empresas a consumirem energia da maneira mais eficiente e sustentável possível. Além do parque eólico Folha Larga Sul, estamos estruturando novas parcerias em função do nosso grande portfólio de projetos no Nordeste do país”, finalizou Araripe, lembrando que o modelo de autoprodução também garante benefícios em isenções de encargos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.