Evento internacional discute preservação digital de acervos

Foto: Divulgação

O Preserva.ME é um evento promovido pela Memória da Eletricidade com o objetivo de estimular a troca de informações e experiências entre profissionais de diferentes áreas, como história, arquivologia, biblioteconomia, museologia e ciência da informação. Em sua 5ª edição, que acontecerá no Museu de Arte do Rio, nos dias 25 e 26 de setembro, reunirá, sob o tema “Preservação de Acervos na Era Digital”, especialistas nacionais e internacionais para debater as oportunidades e desafios da preservação histórica em um mundo cada vez mais digital.

“A tecnologia criou uma nova compreensão das possibilidades de gestão da informação na nossa vida pessoal, nas instituições e na sociedade. Há a necessidade de nos apropriarmos cada vez mais dela, entendendo quais são os ganhos e fragilidades, mas tendo como norte a preservação histórica e a construção do futuro. O evento será um polo de amplificação desse debate na área de preservação de acervos e nas empresas, local onde esse material é gerado. O setor de energia elétrica, que tem como característica projetos de longuíssimo prazo, nos quais a sistematização das informações é valiosa, pode colher ainda mais frutos se acompanhar esse processo de modernização”, aposta Augusto Rodrigues, presidente da Memória da Eletricidade.

Neste ano, o Preserva.ME promoverá 12 painéis. Serão abordadas as estratégias, metodologias e diretrizes da gestão documental digital, que orientam as práticas arquivísticas no Brasil e no mundo, além das experiências e discussões acumuladas sobre o tema até o momento. “A era digital impacta o tripé dos centros de memória, que é a biblioteca, o arquivo e o museu. Trouxemos para o Preserva.ME esses três universos de políticas e debates, que cobrem a digitalização de acervos físicos e também aqueles conteúdos que já nascem em ambiente digital, denominados natos digitais”, conta Amanda Carvalho, responsável pela curadoria de conteúdo do Preserva.ME.

Painéis – O Preserva.ME tem como objetivo promover encontros que tragam para o Brasil e para o Rio de Janeiro os mais novos debates internacionais da área de preservação digital de acervos, contribuindo para a circulação de informação especializada e aprimoramento das práticas de preservação nas instituições. Nos dois dias do evento, representantes de instituições de referência, como a Fundação Biblioteca Nacional, Science Museum Group (Reino Unido), Arquivo Nacional, e o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), discutirão a digitalização de acervos, políticas de preservação, gestão de documentos natos digitais e iniciativas de destaque na área. O evento contará com tradução simultânea nas palestras em língua estrangeira.

Sobre a Memória da Eletricidade – A Memória da Eletricidade foi criada em 1986 para pesquisar, preservar e disseminar a história da implantação e do desenvolvimento da energia elétrica no Brasil.

Em três décadas de atividades, produziu mais de uma centena de publicações e recebeu 16 prêmios e menções de reconhecimento, além de registrar cerca de 300 depoimentos de história oral, realizar inúmeras exposições e consultorias, manter um precioso acervo arquivístico, com aproximadamente 38 mil documentos históricos e 17 mil imagens, e organizar a Biblioteca Léo Amaral Penna, que conta atualmente com cerca de 5.300 títulos de alto valor histórico.

Em sua atuação, aposta na valorização da memória e da história para o desenvolvimento do conhecimento. Com sua expertise em pesquisa e elaboração de projetos, expandiu sua participação no mercado como um todo, promovendo iniciativas de gestão de conhecimento e informação para além do setor elétrico. Acredita que: Quando a memória é trabalhada com propósito, ela gera CONHECIMENTO. Quando o conhecimento produz solução, ele gera INOVAÇÃO. Quando a inovação é compartilhada, ela gera TRANSFORMAÇÃO.

INFORMAÇÕES
Evento: Preserva.ME – Encontro Internacional de Preservação e Memória. Programação: www.memoriadaeletricidade.com.br/preservame2019
Data: 25 e 26 de setembro, das 9h às 18h30.
Local: Museu de Arte do Rio – MAR (Praça Mauá, 5 – Centro, Rio de Janeiro – RJ).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.