Benefícios das lâmpadas LED

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) praticou a bandeira tarifária amarela no mês de novembro passado. Isto gerará um custo de R$ 1 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos, significando uma redução em relação aos cinco meses anteriores, quando a bandeira era vermelha. Mas, mesmo com a volta da bandeira amarela em novembro, o consumidor não pode relaxar na economia de energia elétrica.

lâmpada LED-SS
Foto: Shutterstock

Um dos fatores no aumento de energia são as lâmpadas utilizadas. Muitas delas ainda são incandescentes, que corroboram com o maior gasto de energético e aumento no consumo. Para conseguir uma redução e ter maior durabilidade, as lâmpadas de LED (Light Emitting Diode, ou Diodo Emissor de Luz) são as mais indicadas. Para se ter uma ideia, elas proporcionam até 80% de economia de energia em comparação com as soluções de iluminação tradicionais e requerem o mínimo de manutenção devido à vida útil extremamente longa, podendo durar até 25 anos, se usadas de duas a sete horas por dia.

De acordo com Rodrigo Travi, CEO da Ledax, fabricante de luminárias em LED de alto desempenho para clientes de médio e grande porte, o LED é ideal para estabelecimentos que precisam ficar com as luzes muito tempo ligadas. Além disso, seu uso proporciona iluminação eficiente e sustentável para ambientes como supermercados, fábricas, centros logísticos, shoppings centers, entre outros.

“O LED é um semicondutor que consegue converter energia elétrica em luz sem muitas perdas térmicas e, consequentemente, trazer mais economia para a conta de luz. Além do fator economia de energia, as luminárias LED também são muito mais duradouras, chegando a uma vida útil de mais de 60 mil horas de uso, diminuindo também o custo com trocas”, explica o empreendedor.

Além da economia e da vida útil, as lâmpadas LED têm outros benefícios:

-Não aquecem o ambiente – as lâmpadas de LED não emitem calor. Embora seu sistema esquente, os dissipadores que a lâmpada possui fazem com que sua emissão de calor seja minimizada ao máximo, sendo quase imperceptível;

-Sustentabilidade – conseguem que mais de 98% dos seus materiais sejam descartados de forma simples e econômica, sem necessitar de tratamento especial. Sua longa vida útil evita trocas constantes e reduz a quantidade de material jogado fora;

-Vida útil longa – enquanto os outros tipos de lâmpada possuem durabilidade inferior a 8 mil horas, o LED apresenta vida útil de, em média, 50 mil horas, ou cerca de cinco anos de uso ininterrupto;

– Foco direcionado – o LED permite a emissão de luz direcionada. Assim, você pode criar efeitos de luz ou destacar ambientes e objetos, de forma a valorizar ainda mais o seu projeto;

– Alta tecnologia – componentes com altíssimo rendimento, capazes de fornecer luz com intensidade suficiente operando com correntes intensas e com espectros que permitem obter a iluminação apropriada para cada aplicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.