Cabos de Controle blindados

Reconhecida como uma das maiores e mais importantes empresas fabricantes de fios e cabos elétricos, a IFC/COBRECOM amplia seu portfólio de produtos e divulga novidades.

Entre os lançamentos estão o Cabo de Controle de blindado em fita de cobre e o modelo blindado em fita de poliéster aluminizada. Ambos os modelos são para tensões de até 1000 V.

Esses cabos são utilizados para o acionamento de equipamentos industriais, subestações e painéis, através de sinais ou alimentação em instalações fixas.

A nova linha ainda conta com isolação e cobertura na cor preta e possui propriedades antichama.

“Os Cabos de Controle são fabricados de acordo com as normas técnicas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e passam por um rigoroso processo de produção. Além disso, a IFC/COBRECOM utiliza matérias-primas de qualidade superior e cobre com alto teor de pureza”, afirma Alexandro Pedroso, coordenador de desenvolvimento de produto da IFC/COBRECOM.

Para a instalação correta desse produto, Pedroso recomenda o auxílio de um profissional qualificado para fazer o projeto e a instalação elétrica. “A vida útil desses cabos de controle é em média de 20 anos, desde que o projeto elétrico tenha sido dimensionado corretamente”, explica Pedroso.

De acordo com Gilberto Alvarenga, gerente de negócios estratégicos da IFC/COBRECOM, os Cabos de Controle são produtos voltados para o segmento da engenharia de projetos e instalações industriais, controles, comando e automação, aos quais serão direcionados os serviços de suporte técnico e vendas. 

Cabo de Controle BFA 500 V ou 1.000 V Antichama – É recomendado para circuitos de controle, comando e sinalização, ligação de máquinas, botoeiras, cabeamento estruturado, alimentação, sistemas microprocessados, em instalações onde se necessitam de proteção contra descarga eletrostática e em locais com campos de interferências eletromagnéticas.

Para tensões nominais até 1000 V, esses Cabos de Controle são formados por fios de cobre nu, eletrolítico, têmpera mole, encordoamento Classe 4 ou 5 (flexível), isolado com policloreto de vinila (PVC), tipo PVC/A para 70º C.

Possui blindagem em fita de poliéster aluminizada em contato elétrico com condutor dreno de cobre estanhado de 0,5 mm² classe 4. Além disso, sobre a blindagem é aplicado uma cobertura de policloreto de vinila (PVC), tipo ST1 para 70º. O modelo 500 V está disponível nas seções nominais: 0,5; 0,75 e 1 mm². Já o com 1000 V é produzido nas seções nominais: 1,5; 2,5; 4; 6; 10 e 16 mm².

Cabo de Controle BFC 1.000 V Antichama – Para tensões nominais até 1.000 V, o modelo é formado por fios de cobre nu, eletrolítico, têmpera mole, encordoamento Classe 4 ou 5 (flexível), isolado com policloreto de vinila (PVC), tipo PVC/A para 70º C.

Sobre o núcleo é aplicada uma capa intermediária em policloreto de vinila (PVC), tipo ST1 para 70º C e posteriormente é aplicada uma blindagem em fita de cobre nu com sobreposição mínima de 10%.

Além disso, sobre a blindagem é colocada uma cobertura de policloreto de vinila (PVC), tipo ST1 para 70º.

O Cabo de Controle BFC 1.000 V é indicado para circuitos de comando e controle em instalações industriais, comerciais e outros locais onde se requer proteção contra interferências, ruídos, campos magnéticos e boa resistência mecânica. Também são utilizados em acionamento de equipamentos industriais e painéis, através de sinais ou alimentação em instalações fixas. Disponível nas seções nominais: 1,5; 2,5; 4; 6; 10 e 16 mm².

Opções construtivas – Os Cabos de Controle podem ser produzidos também com Isolação em HEPR 90º C ou XLPE 90º C; e Cobertura em PVC ST2 (105º C) ou em Composto poliolefínico não halogenado SHF1 – atox (90º C). Os Cabos de Controle BFC podem ser fabricados com sobreposição da fita de cobre de 25% ou 50%.

Normas básicas aplicáveis – NBR 7289 – Cabos de controle com isolação extrudada de PE ou PVC para tensões até 1 kV  – Requisitos de desempenho; NBR 7290 – Cabos de controle com isolação extrudada de XLPE, EPR ou HEPR para tensões até 1 kV – Requisitos de desempenho; NBR 16442 – Cabos de controle não halogenados e com baixa emissão de fumaça para tensões até 1kV – Requisitos de desempenho; NBR NM 280 – Formação do condutor e Resistência elétrica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.