CPFL Piratininga anuncia pacote de investimentos em Santos

A verba destinada a Santos será de cerca de R$ 8 milhões.

Entre as ações previstas, uma envolve o uso de recursos do Programa de Eficiência Energética para a substituição de lâmpadas de semáforos convencionais por módulos equipados com lâmpadas Led na cidade. Serão aplicados R$ 2,7 milhões na compra e instalação de mais de oito mil módulos de lâmpadas Led e, com eles, será possível converter 2.154 semáforos veiculares e 1.178 semáforos de pedestres em unidades que operam com a tecnologia Led. As substituições das lâmpadas foram iniciadas no dia 03 de abril e devem durar cerca de cinco meses.

Para motoristas e pedestres, a nova iluminação semafórica oferece mais segurança, pois os sinais luminosos serão visíveis com precisão, mesmo em dias ensolarados. Para o poder público, a instalação da nova tecnologia de lâmpadas traz vantagens imediatas, como a redução dos custos com o consumo de energia e com a manutenção. A expectativa é que os novos semáforos gerem economia de 2.600MWh/ano. A redução no consumo pode chegar a 90%, se comparada ao volume de energia gasto por uma lâmpada convencional.

O programa de Eficiência Energética da CPFL também ajudará outros equipamentos públicos da cidade a economizarem energia. A distribuidora investirá outros R$ 81 mil na substituição de lâmpadas e equipamentos para tornar mais racional o uso de energia elétrica na sede da CET (Companhia de Engenharia de Trafego), na Rodoviária e na Unidade Básica de Saúde São Bento.

Outro investimento anunciado é a destinação de R$ 4,3 milhões para a construção de uma rede subterrânea. A estrutura atenderá clientes na região central, bairro do Valongo, sede da Petrobras e o Museu Pelé. Ao todo será construído 1,5 km de rede elétrica subterrânea. A entrega da obra é prevista para dezembro de 2013.

O município de Santos também firmou parceria com a CPFL Piratininga, por meio do Programa de Eficiência Energética, para a execução do programa CPFL nas Escolas.

Com isso, nos próximos seis meses professores e educadores de 12 escolas da rede municipal de ensino na cidade serão capacitados para se tornarem multiplicadores de informações sobre o uso racional e seguro da energia nas salas de aula.

O programa contempla também a visita da unidade móvel educacional, um veículo com equipamentos que mostram, de maneira prática e divertida, as origens da energia elétrica e como utilizá-la de forma inteligente.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.