Economia de energia

Os cálculos foram divulgados pelo representante da Parceria Internacional pela Cooperação para Eficiência Energética (IPEEC, sigla em inglês), Amit Bando, durante o 8º EEMODS, maior conferência internacional sobre eficiência energética de motores elétricos e sistemas motrizes, realizada em outubro no Eletrobras Cepel, na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro.

A importância dos sistemas motrizes também é enorme no Brasil. Segundo o coordenador geral de Eficiência Energética do Ministério de Minas e Energia, Carlos Alexandre Pires, atualmente 41% do consumo de energia elétrica no Brasil é industrial e, desse total, 62% vêm de sistemas motrizes. “A Eletrobras, por meio do Procel, e a Confederação Nacional da Indústria fizeram um estudo minucioso no qual identificaram um enorme potencial de redução de gastos”, relatou Pires, destacando o papel do Procel Indústria, que já treinou cerca de sete mil profissionais, em 700 indústrias de todo o País.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.