EDP aumenta investimento em pesquisas

Como parte do trabalho, foi inaugurado no dia 28 de setembro, no IEE em São Paulo, o primeiro eletroposto de recarga rápida de veículos elétricos do Brasil com sistema de ‘billing’ e ferramentas de planejamento elétrico. O dispositivo marcou o início dos testes da primeira fase do projeto, que serão concluídos no final de 2012.

A iniciativa tem como objetivo realizar um estudo prospectivo voltado para a avaliação dos possíveis cenários, experimentação e mensuração dos impactos da introdução do veículo elétrico na rede de distribuição da EDP no País.
O eletroposto está disponível para testes de veículos elétricos de diversas montadoras e o projeto está aberto a convênios com instituições públicas que queiram abastecer seus veículos elétricos nos três eletropostos instalados no IEE (recarga rápida, lenta e residencial).

Os três eletropostos foram fabricados pela Efacec, empresa fornecedora de carregadores elétricos para o projeto de mobilidade elétrica em Portugal. O de carga rápida segue especificações da Europa, Japão e Estados Unidos e tem 50kW de potência de saída em corrente contínua. Neste ponto de abastecimento, veículos com autonomia em torno de 180km levam até 30 minutos para recarga da bateria. Os eletropostos de carregamento lento, em corrente alternada com 3,7kVA de potência, levam até oito horas para realizar a mesma tarefa.

“Com este projeto a EDP no Brasil visa estudar o uso da mobilidade elétrica e seus impactos na rede de distribuição, principalmente nos grandes centros urbanos onde há maior expectativa de utilização desta tecnologia”, afirma Miguel Setas, vice-presidente de Distribuição da EDP no Brasil.
 
Mais informações para Imprensa – EDP no Brasil
A4 Comunicação – www.a4com.com.br
Mariana Bertolini – marianabertolini@a4com.com.br –  (11) 3897-4133 / (11) 9 9916-8091

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.