EDP Escelsa inaugura Subestação Jurama

Com investimento de R$ 3,2 milhões, a subestação amplia a capacidade instalada do sistema elétrico da região Norte e Noroeste do Espírito Santo em 12,5MVA, com benefício direto a mais de 130 mil pessoas.

A nova subestação contribui para o atendimento ao crescimento do mercado da região, principalmente nos municípios de Vila Valério, Jaguaré, Nova Venécia, Sooretama e Rio Bananal, com maior flexibilidade operacional e melhor qualidade de serviço.

“A entrada em operação da nova Subestação é de fundamental importância para atender o crescimento econômico da região, assegurando o fornecimento de energia elétrica aos consumidores dentro de elevadas condições técnicas e de segurança”, afirma o presidente da EDP Escelsa, Miguel Setas.

A localização do empreendimento foi escolhida em virtude do constante crescimento populacional e das atividades econômicas da região, que são voltadas, principalmente, para a agropecuária, como cafeicultura e pecuária, e para as indústrias de extração e beneficiamento do mármore e granito.

Construída seguindo as determinações da legislação ambiental, a Subestação de Distribuição Jurama é equipada com os mais modernos e avançados sistemas de tecnologia. Todas as funções da unidade são telecomandadas remotamente a partir do Centro de Operação do Sistema (COS), localizado em Carapina, na Serra, a 150 quilômetros de Vila Valério.

A Subestação é dotada de um setor de 13,8kV, composto de dois alimentadores de distribuição.

Nos últimos três anos, com o apoio do Governo do Estado, a EDP Escelsa realizou diversas obras para atender os municípios do Norte e Noroeste do Estado, reforçando significativamente o sistema elétrico destas regiões, com a construção de sete subestações (Nova Aimorés, Suíça, Boa Esperança, Barra do Riacho, Rio Quartel, Canivete, Baixo Guandu). Além disso, a distribuidora ampliou outras dez subestações na região, somando à rede mais 211MVA de capacidade e adicionando 17 novos circuitos de 15KV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.