EPE disponibiliza informações sobre geração eólica no Brasil

Disponível através do endereço eletrônico http://sistemas.epe.gov.br/AMADVP/ e em selo alocado na página principal do site da EPE, o banco de dados reúne dados históricos sobre temperatura, umidade relativa do ar, velocidade média e permanência de velocidade do vento. Esses dados são compilados a partir de estações de medição instaladas em 180 parques eólicos no Rio Grande do Norte (73), Bahia (51), Ceará (28) e Rio Grande do Sul (28). Cada uma dessas 180 estações encaminha quinzenalmente para a EPE um volume de informações apuradas a cada 10 minutos, que supera 41 mil registros. São quase 15 milhões de registros por mês. Os dados cobrem o período de janeiro de 2012 a junho de 2013 – prazo este que será ampliado gradativamente.

Pode-se, por exemplo, verificar que nesse período de 18 meses a velocidade média do vento nos parques eólicos baianos variou entre 6 e 11 metros por segundo (m/s), registradas em novembro e agosto de 2012, respectivamente. Ou que, em 2012, com exceção do mês de novembro, a velocidade do vento em metade do tempo (permanência de 50%) foi igual ou superior a 8m/s nos parques eólicos da Bahia.

Na avaliação do presidente da EPE, Maurício Tolmasquim, trata-se de um importante ferramental, tanto para investidores do setor eólico quanto para outros agentes do mercado, como consultores e pesquisadores. “A disponibilização desse sistema de coleta de informações é um passo importante para que, no futuro, os modelos de planejamento consigam mensurar melhor os benefícios da operação conjunta de parques eólicos e usinas hidrelétricas, duas fontes sazonais”, explica.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.