Centro de treinamento de veículos elétricos

 

A montadora de veículos Renault pretende instalar em Foz do Iguaçu, no Paraná, o primeiro centro do País especializado em formação de profissionais para manutenção de veículos elétricos.

Itaipu Binacional
Crédito: Alexandre Marchetti/Itaipu Binacional

O protocolo de intenções foi assinado em São Paulo pelo diretor do Programa Global de Veículos Elétricos da Renault, Eric Feunteun, o diretor-geral brasileiro de Itaipu Binacional, Marcos Stamm, e o diretor superintendente do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Jorge Callado.

Chamado de Renault Academy, o novo centro vai operar no PTI, instalado nas dependências de Itaipu, e terá capacidade para receber profissionais de toda a rede de concessionárias da marca. São mais de 300 pontos de venda espalhados pelo País. A empresa aposta que o mercado de veículos zero emissão vai crescer de forma exponencial nos próximos anos, exigindo qualificação da mão de obra.

Feunteun destacou que o Brasil tem um papel de liderança na América Latina, conserva uma das matrizes energéticas mais limpas do mundo e é considerado um mercado importante para o grupo.

De acordo com o executivo, a experiência de Itaipu no segmento de veículos elétricos e a parceria de seis anos com a própria Renault pesaram na decisão de levar o novo centro para Foz do Iguaçu. “A marca agradece e valoriza as parcerias de longo prazo. O grupo tem consciência de que não pode fazer tudo sozinho”, declarou.

Marcos Stamm participou da reunião, no escritório da Renault na capital paulista, acompanhado de toda a diretoria brasileira de Itaipu: Mauro Corbellini (técnico executivo), João Pereira dos Santos (administrativo), Mario Antonio Cecato (financeiro executivo), Cezar Eduardo Ziliotto (jurídico) e Newton Luiz Kaminski (de coordenação). O responsável pela área de veículo elétrico da empresa, Paulo Maranhão, também estava presente.

Para o diretor-geral brasileiro, a instalação de um centro como o Renault Academy no Oeste do Paraná, com foco na mobilidade elétrica e na formação profissional, reforça o compromisso de Itaipu com a sustentabilidade, com o meio ambiente e com o desenvolvimento social e econômico da região.

“A Renault é uma das maiores montadoras do mundo e é aquela que tem demonstrado efetiva participação no mercado de elétricos. Acreditamos que essas parcerias são importantes não só para Itaipu e para o PTI, mas também para a região em que estamos situados, para o Paraná e para o Brasil. São projetos de futuro”, afirmou.

Jorge Callado acrescentou que o projeto traz avanços importantes para o desenvolvimento do território, para a formação de empregos de alto impacto, com alta qualificação, e aprofunda os processos de internacionalização do PTI e da própria Itaipu. “Trata-se de um polo ligado à indústria automobilística no qual várias expertises poderão ser desenvolvidas. E em um setor em crescimento constante”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.