Como constatar se há fuga de corrente no imóvel

A fuga de corrente é sem dúvida um dos principais causadores do aumento na conta de energia elétrica.

Além do desperdício, pelo qual será paga uma energia elétrica que não é consumida para o funcionamento dos equipamentos, a fuga de corrente ainda pode resultar em sérios danos aos aparelhos elétricos e causar até mesmo choques elétricos, curtos-circuitos e incêndios.

Créditos: Shutterstock

Para ajudá-lo a constatar se existe esse problema em seu imóvel, a IFC/COBRECOM, que é referência nacional na fabricação de fios e cabos elétricos de baixa tensão, dá dicas essenciais.

O professor e engenheiro eletricista Hilton Moreno, que também é consultor Técnico da IFC/COBRECOM, lembra que as fugas de corrente ocorrem quando há falhas nas instalações elétricas, subdimensionamento dos circuitos e problemas na isolação das fiações.

“Eletrodomésticos com defeitos e o uso incorreto e excessivo de benjamins e extensões também podem ocasionar esse problema”, completa Moreno.

Vale lembrar também que, nas construções mais antigas, as fugas de corrente são ainda mais comuns, pois é natural que componentes da instalação elétrica envelheçam com o tempo, o que provoca perda das propriedades isolantes dos produtos e, consequentemente, aumento das correntes de fuga.

Como detectar?

Para saber se existe fuga de corrente no imóvel, basta fazer um teste que é muito simples: desligue todos os aparelhos das tomadas e apague todas as luzes.

Depois cheque se o medidor de energia para de girar (modelos antigos) ou se o seu display (modelos mais novos) não registra o consumo. Se o relógio continuar indicando algum consumo, então é indício que há fuga de corrente.

“Para identificar a origem da fuga, deve ser desligada a chave geral. Se não for registrado mais consumo no medidor, o defeito é da instalação elétrica interna do imóvel e, nessa situação, é fundamental contratar um eletricista de confiança para sanar o problema. E, no caso de o medidor continuar funcionando, a falha pode ser no próprio aparelho medidor e então deve ser consultada a distribuidora de energia de sua cidade”, explica Hilton Moreno.

“Esteja atento aos eletrodomésticos que dão choque. Esse problema acontece quando há fuga de corrente e, nesses casos, o aparelho deve ser desligado imediatamente e levado a uma assistência técnica”, orienta Moreno.

Outras dicas da IFC/COBRECOM

Para ter uma instalação elétrica sempre segura e confiável e ainda evitar problemas com a fuga de corrente, siga as orientações abaixo:

1) Contrate sempre profissionais qualificados e habilitados para elaborar corretamente o projeto elétrico de seu imóvel e realizar a correta instalação dos materiais.

2) É fundamental realizar a manutenção preventiva da instalação elétrica a cada cinco anos. Esse trabalho deve ser feito por um profissional qualificado.

3) A utilização de benjamins e extensões deve ser evitada, pois, ao conectar vários equipamentos em uma mesma tomada, podem ocorrer problemas como fuga de corrente, sobrecarga e superaquecimento, que podem resultar em curtos-circuitos e incêndios.

4) As geladeiras devem ser ligadas em tomadas de uso exclusivo e em local ventilado. Também devem ter as borrachas de vedação de suas portas sempre em bom estado.

5) Antes de comprar qualquer modelo de chuveiro elétrico, verifique a seção nominal dos cabos elétricos que estão instalados na caixa de ligação desse equipamento. Caso o chuveiro não seja compatível com a fiação existente, o aparelho poderá não aquecer adequadamente, além de ocasionar sobrecarga nos condutores e perda de energia.

6) Caso venha a realizar as emendas de fios e cabos elétricos por meio de fitas isolantes, NUNCA utilize materiais que não são específicos para esse uso, como fitas adesivas, esparadrapo e fita crepe. Dê preferência ao uso de conectores isolados tipo a mola ou torção.

12 comentários em “Como constatar se há fuga de corrente no imóvel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.