ISA CTEEP inicia projeto com frota verde

A ISA CTEEP, maior transmissora privada de energia elétrica do país, inicia projeto piloto para a troca de aproximadamente 40 veículos leves da frota administrativa da empresa por carros elétricos, em linha com a meta de reduzir dois milhões de toneladas de COe no planeta até 2030 em sua operação.

A companhia adquiriu o primeiro veículo elétrico, um IEV20, da Jac Motors, que será utilizado para deslocamentos a trabalho de colaboradores. O modelo tem autonomia de até 350 quilômetros, um trajeto equivalente à distância de São Paulo a Ribeirão Preto, no interior do estado. Durante um ano, será analisada a eficiência do veículo para, então, trocar os demais carros, o que deve acontecer até 2023.

“Temos compromisso de gerar valor sustentável para a sociedade. O início da troca dos nossos carros para veículos elétricos é mais uma forma de contribuirmos com o meio ambiente e está em linha com os nossos valores e estratégia de negócio”, explica Carisa Santos Portela Cristal, diretora Executiva de Finanças e Relações com Investidores.

A expectativa é que o modelo adquirido pela empresa seja capaz de reduzir em até 3 toneladas a emissão de COe durante o período do projeto piloto. Considerando a troca de toda a frota leve da área administrativa, esse número saltará para cerca de 353 toneladas. Ainda, desde 2017, a companhia utiliza etanol em seus veículos leves, o que evitou a emissão de 930t COe até 2019. No fim de 2020, mais de 98% dessa frota já era abastecida com esse combustível.

A adoção de veículos movidos a energia limpa faz parte de uma série de iniciativas da ISA CTEEP para reduzir as emissões de gases de efeito estufa em sua operação. Em 2020, por exemplo, por meio de ações específicas de manutenção, além do aperfeiçoamento das técnicas aplicadas no plano anual de manutenção dos ativos, a companhia reduziu mais de 8% a emissão de SF6, gás com impacto no efeito estufa, porém essencial para o setor elétrico por suas propriedades isolantes. No último trimestre deste ano a transmissora adotará, em subestações blindadas, uma máquina para desumidificar as câmaras de SF6, evitando riscos de vazamentos e emissão de gases de efeito estufa.

Por meio do projeto de neutralização dos gases de efeito estufa, em parceria com a empresa LeasePlan, a companhia plantará 107 árvores neste ano para compensar as emissões de sua frota contratada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.