Vocabulário eletrotécnico sobre o tema “atmosferas explosivas”

Foi publicada pela ABNT, em 14/02/2022, a segunda edição da Norma Técnica Brasileira adotada da Série ABNT NBR IEC 60050 – Vocabulário eletrotécnico internacional (IEV) – Parte 426: Atmosferas explosivas.

Esta segunda Edição 2022 da ABNT NBR IEC 60050-426 cancelou e substituiu a versão anterior, publicada pela ABNT em 2011. 

Esta Norma ABNT NBR IEC 60050-426 define termos especificamente relacionados a “equipamentos e instalações para atmosferas explosivas”. Esta terminologia “Ex” é consistente com a terminologia desenvolvida em outras partes especializadas do Vocabulário eletrotécnico internacional (IEV). 

Esta segunda edição (2022) contém 108 páginas, enquanto a primeira edição (2011) contava com cerca 53 páginas, indicando uma significativa ampliação de definição de termos técnicos “Ex”, em relação à edição anterior. 

Foram incluídos nesta segunda edição diversos novos “temas” relacionados ao vocabulário “Ex”, como instalações em atmosferas explosivas, lanternas para capacetes “Ex”, radiação óptica em atmosferas explosivas, detecção de gases combustíveis, eletrostática, tipo de proteção especial “s”, aplicação de sistemas de gestão da qualidade em atmosferas explosivas, equipamentos não elétricos (generalidades) e equipamento não elétrico (mineração). 

Esta edição da Norma ABNT NBR IEC 60050-426 contém especificações sobre os seguintes tópicos: 

Prefácio Nacional
Introdução
Princípios e regras adotadas
1 Escopo
2 Referências normativas
3 Termos e definições
Seção 426-01 – Termos gerais
Seção 426-02 – Fenômenos físicos e químicos
Seção 426-03 – Áreas e zonas
Seção 426-04 – Construção de equipamentos elétricos (generalidades)
Seção 426-06 – Invólucros à prova de explosão “d”
Seção 426-07 – Imersão em areia “q”
Seção 426-08 – Segurança aumentada “e”
Seção 426-09 – Pressurização “p”
Seção 426-10 – Imersão em líquido “o”
Seção 426-11 – Equipamentos elétricos intrinsecamente seguros e associados “i”
Seção 426-12 – Encapsulamento “m”
Seção 426-13 – Tipo de proteção “n”
Seção 426-14 – Inspeção e manutenção “Ex”
Seção 426-15 – Reparo, revisão e recuperação “Ex”
Seção 426-16 – Proteção por invólucro contra ignição de poeira combustível “t”
Seção 426-20 – Aquecimento por traceamento
Seção 426-21 – Instalações em atmosferas explosivas
Seção 426-22 – Lanternas para capacetes “Ex”
Seção 426-23 – Radiação óptica em atmosferas explosivas
Seção 426-24 – Detecção de gás combustível
Seção 426-25 – Eletrostática
Seção 426-26 – Tipo de proteção especial “s”
Seção 426-27 – Atmosferas explosivas – Aplicação de sistemas da qualidade
Seção 426-28 – Equipamentos não elétricos – Generalidades
Seção 426-29 – Equipamento não elétrico – Mineração
Índice

Podem ser citados como exemplos de definições de novos termos “Ex” apresentados nesta nova edição:  

-RFID – Identificação por radiofrequência
-Prontuário de verificação
-Vestimenta dissipativa
-Sistemas de proteção “Ex” contra os efeitos de explosão
-Equipamento não elétrico “Ex”
-Fontes efetivas de ignição
-Fontes potenciais de ignição
-Mau funcionamento
-Operação normal
-Tipo de proteção por controle da fonte de ignição – Ex “b” (Norma ABNT NBR ISO 80079-37)
-Tipo de proteção por segurança construtiva – Ex “c” (Norma ABNT NBR ISO 80079-37)
-Tipo de proteção por imersão em líquido – Ex “k” (Norma ABNT NBR ISO 80079-37) 

A Comissão de Estudo CE 003:031.005 do Subcomitê SCB 003:031 (Atmosferas explosivas), responsável pela elaboração desta Norma técnica brasileira adotada, acompanhou todo o processo de atualização, comentários, revisão, aprovação e publicação da respectiva Norma internacional IEC 60050-426. 

As Normas Técnicas Brasileiras adotadas das Séries ABNT NBR IEC 60050, ABNT NBR IEC 60079 e ABNT NBR ISO 80079 elaboradas pelas Comissões de Estudo do Subcomitê SCB 003:031 são idênticas, sem desvios técnicos nacionais em relação às respectivas normas internacionais da IEC, de acordo com a Diretiva 3 da ABNT – Adoção de documentos técnicos internacionais. 

Seguindo a tendência e a convergência normativa mundial dos países membros da IEC, incluindo o Brasil, as Normas Técnicas nacionais que envolvem os processos de avaliação da conformidade e certificação de empresas de serviços “Ex”, certificação de competências pessoais “Ex” e de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex” são Normas adotadas, idênticas às respectivas normas internacionais da IEC. 

Esta política de normalização adotada pela ABNT tem por objetivo harmonizar as Normas Nacionais com a Normalização internacional, de forma a padronizar os procedimentos de vocabulário, projeto, fabricação, ensaios, marcação, avaliação da conformidade, instalação, inspeção, manutenção, reparos, recuperação de equipamentos e competências pessoais “Ex”. 

Ações como estas contribuem para a integração dos fabricantes, laboratórios de ensaios, empresas usuárias, organismos de certificação de produtos e de pessoas e provedores de treinamentos brasileiros com o mercado e a comunidade internacional “Ex”, bem como para a elevação dos níveis de segurança, saúde, meio ambiente, avaliação de risco, ensaios, qualidade, desempenho, confiabilidade, procedimentos de execução de serviços e competências pessoais relacionados com as instalações nacionais “Ex”. 

Mais informações sobre esta nova edição da Norma Técnica Brasileira adotada ABNT NBR IEC 60050-426 estão disponíveis no website ABNT Catálogo: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?Q=amlGVHZ2bE5QU3BZQWV2azQrTWE1Tjd5TktVdW5aRVBseWlCWUNpZjQvND0= 

Mais informações sobre o estágio atual de evolução de cada uma das Normas técnicas da ABNT sobre atmosferas explosivas podem ser encontradas no Website do Subcomitê SCB 003:031 – Atmosferas explosivas: http://cobei-sc-31-atmosferas-explosivas.blogspot.com/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.