Bondinho Pão de Açúcar passará a usar energia renovável

O Bondinho Pão de Açúcar anunciou sua entrada no mercado livre de energia. Com a novidade inicialmente implantada no final de 2021 e finalizada recentemente, o parque, que já é considerado baixo consumidor, por utilizar um sistema eficiente de energia, contratará kilowatts provenientes de energias renováveis, que auxiliarão em todo o seu funcionamento.

Créditos: Divulgação Bondinho Pão de Açúcar/Rafael Duarte

O Mercado Livre de Energia é uma plataforma na qual empresas geradoras, comercializadoras e consumidoras podem negociar a compra de energia livremente, seguindo a regulamentação do setor, com diversos tipos de produtores de energia renováveis como eólica, hidrelétricas, solar à termoelétricas, possibilitando flexibilidade nas negociações em fontes contratadas, livre escolha de fornecedor, previsibilidade de custos e integração a uma cadeia de valor que tem responsabilidade socioambiental, além de prazos e volumes.

Com essa entrada no mercado livre de energia, o Bondinho Pão de Açúcar ainda contribui com a redução das emissões de carbono, devido à nova adoção de fornecedores renováveis. Essa nova iniciativa se juntará a outros projetos do parque focados em sustentabilidade, como de eficiência em energia com uso de painéis solares e sistema regenerativo elétrico; gestão de resíduos sólidos; projeto de preservação ambiental do MONA (Monumento Natural dos Morros Pão de Açúcar e Urca); conservação e recuperação da pista Claudio Coutinho e Trilha do Morro da Urca; e também está sendo implementado um processo de neutralização de carbono no parque.

“O Bondinho Pão de Açúcar tem no seu DNA a preocupação com o meio ambiente, tendo implementado, ao longo da sua história, diversos programas de sustentabilidade. A entrada no mercado livre de energia é mais um passo para a modernização sustentável pela qual o parque está passando, reduzindo também o impacto ambiental da nossa operação, uma das nossas prioridades”, destaca Diego Scofano, CTO do Bondinho Pão de Açúcar.

De acordo com Sandro Fernandes, CEO do Bondinho Pão de Açúcar, essa nova iniciativa faz parte da visão 2025 do parque, que tem as práticas de desenvolvimento sustentáveis propostas pelas Nações Unidas como base para o planejamento de ações da área de sustentabilidade. A novidade também visa tornar o parque um exemplo para outras atrações turísticas pelo mundo, pois mostra como é possível o desenvolvimento sustentável.

“Para nós, é muito importante desenvolvermos e aplicarmos as políticas de desenvolvimento sustentáveis e servirmos de exemplo para outras atrações turísticas e empresas. Nossa entrada no mercado livre de energia mostra como é viável sermos verdes e econômicos, e para 2022, queremos inovar ainda mais e contribuir para um mundo melhor, implementando mais iniciativas como essa e seguindo com nosso belo histórico de ações sustentáveis”, diz Sandro Fernandes, CEO do Bondinho Pão de Açúcar.

Um comentário em “Bondinho Pão de Açúcar passará a usar energia renovável

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.