Novo modelo de rede elétrica inteligente em SP

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou a Neoenergia, por meio da distribuidora Elektro, a operar a frequência de 3,5 Gigahertz (GHz) no projeto Energia do Futuro, em que vai construir um novo modelo de rede elétrica inteligente na região de Atibaia, no Interior de São Paulo.

REDE INTELIGENTE
Créditos: Shutterstock

A tecnologia está sendo implantada em parceria com a Nokia, líder no setor de telecomunicações. Será a primeira rede privada de banda larga LTE no Brasil e a primeira para redes elétricas inteligentes na América Latina.

A tecnologia 4G LTE (Long Term Evolution) vai permitir a comunicação de todos os dispositivos da rede inteligente em Atibaia, Bom Jesus dos Perdões e Nazaré Paulista, abrangendo um total de 75 mil clientes da Elektro, e estará totalmente operacional em 2020. O projeto inovador, iniciado em janeiro de 2018, irá permitir um consumo de energia elétrica mais consciente e eficiente, proporcionando uma nova experiência para o cliente, além de melhorar a qualidade do fornecimento, reduzir perdas e integrar os recursos energéticos distribuídos (geração solar, veículos elétricos e baterias).

A rede 4G LTE faz parte da estratégia do grupo para levar as redes inteligentes aos 13,9 milhões de clientes da Neoenergia nos próximos anos, desenvolvendo o modelo DSO (Distribution System Orchestrator), em que a distribuidora realiza a gestão energética completa do sistema elétrico. A tecnologia de telecomunicação vai garantir a confiabilidade necessária na comunicação das redes elétricas inteligentes (conhecidas em inglês como smart grids).

“O LTE privado do projeto da Elektro foi dimensionado para manter a comunicação estável, resiliente e segura com os dispositivos na rede de distribuição da Elektro”, afirmou Aguinaldo Luiz Sousa, gerente de contas da Nokia.

A tecnologia conectará equipamentos de automação de rede, medidores inteligentes, subestações, sensores e concentradores de dados em toda a área de serviço, permitindo a automação por meio da troca de informação em tempo real entre os dispositivos e o Centro de Operações da Elektro, em Campinas (SP). O LTE será o elemento de conectividade que possibilitará a leitura em tempo real dos dados, mantendo a segurança e confiabilidade necessária.

“O projeto Energia do Futuro é um marco no desenvolvimento das redes inteligentes no Brasil. O uso da rede celular para a operação da rede inteligente mostra o pioneirismo e comprometimento do nosso grupo em entregar mais qualidade para nossos clientes”, destacou o diretor de Processos e Tecnologia da Neoenergia, Frederico Candian. A rede 4G LTE estará 100% operativa até o final de janeiro de 2020, onde foram investidos cerca de 10 milhões de reais.

O LTE é a quarta geração de redes móveis, o 4G usado nos smartphones. “Essa tecnologia é composta de dois elementos básicos. Um é o núcleo de gerência da rede e dos dados, chamado de core, e o outro é o sistema de acesso, formado pelas estações rádio base (eNodeB) e antenas que conectam os dispositivos que possuem o SIM card (chip) da rede”, segundo explicou Aguinaldo Sousa.

O sistema de automação das redes inteligentes depende de uma comunicação extremamente robusta e confiável. “Por isso a Elektro está em parceria com a Nokia. É fundamental ter segurança na operação da rede elétrica em momentos críticos e confiabilidade para uma rápida recuperação em caso de falta de energia”, disse Candian.

“A Nokia tem como principal papel conectar todos os elementos do projeto em um único sistema, o 4G LTE, além de garantir a evolução da rede para o 5G em um futuro próximo”, explicou Aguinaldo Sousa. A Nokia possui mais de 120 clientes de redes privadas LTE no mundo, em diferentes setores. No Brasil, os focos de atuação da Nokia com esta tecnologia são o agronegócio, a mineração e o setor de energia elétrica.

As novas tecnologias utilizadas no projeto Energia do Futuro também possibilitam a formação da Internet das Coisas (IoT), uma rede aberta e interoperável, que pode ser compartilhada para que todos os elementos conectados trabalhem para oferecer mais qualidade e serviços para a população, formando assim as Cidades Inteligentes.

3 comentários em “Novo modelo de rede elétrica inteligente em SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.