Primeiro sistema integrado de tensão e velocidade do mundo

Invenção brasileira, o primeiro sistema integrado de controle de tensão e velocidade do mundo para geradores síncronos de energia – RTVX POWER – completa 20 anos de mercado como referência na melhoria da qualidade da energia elétrica produzida e disponível ao consumidor. Criado pela multinacional brasileira REIVAX Controle e Automação, o equipamento evoluiu e atualmente é usado na produção de 15 GW de energia elétrica em cerca de 14 países.

Consolidado no mercado, o sistema integrado faz parte da geração de energia de usinas hidrelétricas de grande porte e tem como duas de suas principais vitrines nacionais a instalação de reguladores de tensão e velocidade REIVAX nas usinas hidrelétricas de Ilha Solteira, a maior do Rio Paraná, com 3.444 MW de potência, e Jupiá, com capacidade instalada de 1.551,2 MW. As usinas estão sob gestão da CTG Brasil, segunda maior geradora de energia privada do país e principal investimento do grupo CTG (China Three Gorges Corporation) na América Latina. Juntas, as UHEs formam o sexto maior complexo hidrelétrico do mundo.

De acordo com Renato Castilho, gerente de Engenharia Eletromecânica da CTG Brasil, a integração do regulador de velocidade e tensão em um único equipamento otimizou a quantidade de sobressalentes, os recursos técnicos de configuração e quebrou vários paradigmas, como por exemplo, o receio de um único equipamento e um único especialista ser responsável pela regulação de velocidade e tensão da geração de energia – fatores superados pelos atuais equipamentos.

“Contar com um parceiro como a REIVAX que, assim como a CTG Brasil, investe em pesquisa, desenvolvimento e inovação, nos ajuda a garantir a excelência e modernização das nossas operações por meio de soluções que agregam valor, trazendo desempenho, confiabilidade e otimização de custos”, reforça Castilho.

O sistema integrado está presente ainda nas UHEs Chavantes, Canoas I, Capivara, Taquaruçu, Rosana e Salto Grande, também administradas pela CTG Brasil. Além disso, a tecnologia é destaque na UHE Três Irmãos, da Tijoá Participação e Investimento S.A., e na Central Hidroelétrica Cuticucho, gerida pela Companhia Boliviana de Energia Elétrica (COBBE), na Bolívia.

Considerada uma tecnologia revolucionária, a solução foi fornecida primeiro para uma pequena central hidrelétrica da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) do Rio Grande do Sul, localizada em Santa Maria do Herval e, depois, se popularizou, sendo adotada atualmente em máquinas com potência superior a 200 MW. O sistema integrado de controle desenvolvido no Brasil permanece em destaque mundialmente por ter custo menor, possibilidade de redundância, maior confiabilidade e tempo de comissionamento mais rápido do que a solução convencional, com controladores que operam de forma independente, além de outras vantagens, como redução de peças de reposição, menor espaço físico, redução da cablagem externa.

Segundo Fernando Amorim da Silveira, CEO da REIVAX, esse tipo de equipamento é fundamental para o correto fornecimento de energia, uma vez que realiza o controle automático da velocidade da turbina e da tensão do gerador, condição essencial para um grupo gerador ser capaz de fornecer energia elétrica e operar no Sistema Interligado Nacional (SIN). “Sem o controle de velocidade ou de tensão não se pode operar um grupo gerador”, enfatiza.

Sistema é composto por hardware de retaguarda

Munido de sistema de retaguarda idêntico ao principal, o RTVX POWER reduz a possibilidade de falhas que poderiam ocasionar a perda de geração e até mesmo apagões, ou seja, em caso de descompasso operacional, um hardware de “retaguarda” assume as ações de controle do gerador e da turbina de forma imediata e segura.

Além disso, o regulador integrado se aplica a todos os tamanhos de máquinas, agregando diversas funções de controle, proteção, supervisão e de interface com outros sistemas, necessários e indispensáveis a uma operação segura das turbinas e geradores. Uma dessas atualizações é a interface homem-máquina, que promove soluções customizadas e flexíveis de acordo com as necessidades de cada usina hidrelétrica.

“O sistema integrado RTVX compartilha hardware e software, ou seja, há uma plataforma única que contempla os dois reguladores (tensão e velocidade). Em escala global há poucos fabricantes que, somente depois de anos e de uma grande base instalada de nossos sistemas integrados, resolveram “adotar” a nossa inovação e passaram a oferecer a solução integrada. Como temos um processo de inovação constante (a REIVAX possui centro de P&D desde 2002), seguidamente incluímos novas funcionalidades ao nosso sistema integrado, que nos mantém à frente no mercado”, explica Nelson Zeni Junior, sócio da empresa e responsável pelo primeiro comissionamento do RTVX Power, realizado em 2001 na usina de Herval.

4 comentários em “Primeiro sistema integrado de tensão e velocidade do mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.