Siemens fornece soluções para o projeto Sirius

Empresa focada em inovação e digitalização, a Siemens é protagonista em fornecer tecnologia de automação para o projeto Sirius, construído em Campinas, no interior de São Paulo, no campus do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Inaugurado em 2018, o novo acelerador de partículas, operado pelo Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), é uma das mais avançadas fontes de luz síncrotron já construídas. Luz síncrotron é um tipo de radiação eletromagnética que permite estudar em detalhes a constituição dos materiais, como num super microscópio. O Sirius é a única fonte de luz síncrotron na América Latina, e voltado à comunidade acadêmica e à indústria, contribuindo para a solução de grandes desafios científicos e tecnológicos, como o desenvolvimento de novos medicamentos e tratamentos para doenças, novas tecnologias, fontes renováveis de energia, entre muitas outras aplicações.

A estrutura do Sirius, é gigante: seu edifício tem 68 mil metros quadrados de área construída e seu principal acelerador de elétrons tem 518 metros de circunferência, cinco vezes maior do que o antigo acelerador (UVX) e o equivalente a 21 campos de futebol. 

“Para nós é uma grande satisfação contribuir desde o início de um projeto como o Sirius, que além de ser um grande desafio em termos de física e engenharia, marca a história da ciência e tecnologia no país”, diz Luciana Ferreira, líder do projeto na Siemens.

Com a plataforma TIA Portal (Totally Integrated Automation), a Siemens garante a automação, o controle e a proteção de diversos equipamentos de alta tecnologia das estações de pesquisa do Sirius (chamadas “linhas de luz”). O TIA Portal atende ainda às demandas técnicas do laboratório, provendo alta eficiência e rápida resposta para um bom funcionamento do sistema de automação das linhas de luz. Os novos opcionais beneficiam integradores de sistemas e são ideais para a automação. Como parte do Digital Enterprise Suite, juntamente com o PLM e o MES, ele complementa a ampla gama de soluções da Siemens para laboratórios no caminho para a Indústria 4.0.

Além disso, o sistema que garante a segurança pessoal de quem opera as linhas de luz do Sirius é integrado à automação da Siemens. O portfólio flexível permite uma abordagem holística da solução, trazendo transparência e segurança para a operação e engenharia do sistema. As soluções com safety integrado permitem ganhos em diagnóstico e também em tempo de engenharia, levando a um desenvolvimento mais rápido de soluções e menores esforços de engenharia.

A nova versão do sistema de visualização WinCC Unified V16, em fase avançada de testes, também está entre as soluções oferecidas para gerar maior flexibilidade e escalabilidade para o sistema de supervisão e controle do Sirius.  De maneira simples e contínua, percorre as atividades que vão do controle do operador no nível de máquina à integração de sistemas de TI e de automação.

O WinCC Unified já traz tecnologias web nativas (HTML5, SVG e JavaScript) e permite fácil comunicação e escalabilidade entre sistemas de supervisão baseados em IHM (Interface Homem-Máquina) e sistemas SCADA (Sistemas de Supervisão e Aquisição de Dados). Deste modo, o desenvolvimento de projetos de uma linha de produção é facilitado, reduzindo custos e o tempo de engenharia. As inovações do WinCC Unified V17 incluem comunicação estendida, novas possibilidades de operação e monitoramento.

2 comentários em “Siemens fornece soluções para o projeto Sirius

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.