Negócios no mercado fotovoltaico

Mesmo antes da pandemia, que acentuou o consumo de energia doméstica, pois as famílias que podem estão passando mais tempo isoladas em suas residências, o uso de fontes alternativas de energia já estava em expansão no país. Dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) revelam que 1,1% da oferta de energia elétrica no Brasil foi gerada pela fonte solar fotovoltaica em maio de 2020.  

Para a NeoSolar isso não é novidade, pois registra ano após ano crescimento consistente tanto em sua receita quanto em sua base de clientes, pedidos e produtos comercializados. Suas soluções off-grid têm como característica fundamental levar energia para regiões isoladas, sem acesso à rede elétrica, como as comunidades ribeirinhas. “Cada vez mais sentimos o aumento de demanda para regiões remotas por todo o Brasil, mas a maioria está nas regiões Norte e Centro-Oeste”, afirmou Raphael Pintão (foto), sócio diretor da NeoSolar. 

Os sistemas off-grid atendem essas regiões, pois com eles é possível ter acesso à energia sem nenhuma conexão à rede elétrica. A sua instalação tem um custo menor se comparado à energia elétrica tradicional. Ou seja, além de ser mais barata, a instalação é mais simples. 

Por ser a principal distribuidora de equipamento off-grid do país, a empresa mantém o foco neste setor com cada vez mais opções de produtos no portfólio, para ser a provedora de solução para qualquer projeto neste sentido. “Além disso, investimos em treinamentos para equipe interna, já que nossa experiência de longa data é um diferencial para nossos clientes, que buscam mais do que apenas os produtos, mas um parceiro capaz de sugerir as melhores opções para seus projetos do ponto de vista técnico e comercial”, afirmou Pintão. 

A estratégia da empresa visa entender cada vez mais o perfil e as necessidades de seus clientes para seguirem na vanguarda de soluções para este público. O seu crescimento também se deve à evolução do mercado em si: cada vez mais pessoas conhecem e aplicam as soluções off-grid. “O que buscamos é fomentar o mercado, divulgar as possíveis soluções também como forma de nós sermos um agente importante para impulsionar o mercado como um todo”, afirmou Pintão.

Em relação ao futuro do sistema off-grid, as aplicações são incontáveis e cada vez mais surgem novas, já que além de fornecer energia para famílias em regiões isoladas, os sistemas já são muito utilizados em telecomunicações, postes para iluminação, rodovias (iluminação, radares, painéis informativos), zonas rurais entre outros. “A energia solar pode ser usada inclusive para bombeamento de água, utilizando apenas painel solar e a bomba solar. Esse é um uso cada vez maior no setor pecuário, extremamente relevante e presente em nosso país”, afirma Pintão.

Para ampliar a sua capacidade regional de atendimento, a NeoSolar associou-se à algumas entidades do terceiro setor como a Litro de Luz, que tem como principal objetivo levar energia a essas comunidades, sendo uma das grandes responsáveis por disseminar o uso da energia fotovoltaica por meio de sistemas off-grid para esse tipo de região. Outro exemplo de sucesso é a cidade litorânea paulista de Ilha Bela, onde foram realizadas satisfatoriamente instalações para aproximadamente 200 famílias locais.

2 comentários em “Negócios no mercado fotovoltaico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.