Interruptores e plugs inteligentes ajudam na automação de residências

Estima-se que cerca de 2 milhões de residências no Brasil tenham algum tipo de sistema automatizado. Há apenas cinco anos, esse índice não passava de 300 mil. Para até 2025, as previsões são de um crescimento anual de 22% e receita estimada em R$ 16 bilhões.

Outro levantamento, feito por uma multinacional de eletrônicos, aponta que cerca de 17,3% das pessoas responderam que simplesmente desejavam uma forma de controlar dispositivos de forma automática, enquanto 15,7% pretendem economizar energia e dinheiro, e 13,3% procuram maiores opções de personalização nos ambientes internos.

A economia de energia é o principal benefício apontado por pessoas que já compraram dispositivos inteligentes, com 17,3% do total de respostas. Na sequência, fica a possibilidade de tornar os objetos mais agradáveis e úteis – usuários também perceberam uma maior economia de tempo, segurança aprimorada e menos esforço na utilização de utensílios smart.

Atualmente, aparelhos aparentemente simples podem tornar a casa cada vez mais inteligente e gerar economia de energia. A Elgin acaba de lançar dois modelos de interruptores Smart, com 1 ou 2 botões touch. Com eles, é possível substituir os interruptores tradicionais para controlar lâmpadas ou luminárias através do celular, via APP Elgin Smart ou de comando de voz (utilizando Google Assistente ou Alexa).

Outra novidade da empresa são os plugues de tomada Smart, de 10 e 16 amperes. Conectado à tomada de qualquer aparelho, possibilita controlar o horário de ligar e desligar e também medir o consumo dos equipamentos. O plug também pode ser controlado por celular (usando o APP Elgin Smart) ou através de comando de voz (Google Assistente ou Alexa).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.