Caminhões elétricos

Neste ano, de acordo com boletim anual da Organização Meteorológica Mundial (OMM), uma agência da ONU, a concentração de dióxido de carbono na atmosfera continuou registrando aumento. Dentro desse cenário, há algum tempo a Ambev se preocupa com a questão climática e investe em tecnologia e inovação para apresentar soluções que reduzam a emissão de poluentes decorrente de sua operação. Desta vez, a companhia, em parceria com a Eletra, Enel X e Grupo Imediato, anuncia um retrofit que prevê a transformação de 102 caminhões a diesel em elétricos.

Com início em 2020, a parceria rodou um piloto em que dois caminhões da Ambev foram transformados em elétricos, e passaram a circular entre os centros de distribuição da Zona Sul de São Paulo e região. Os resultados foram positivos e serviram de incentivo para a extensão da parceria e retrofit de uma maior parcela da frota de caminhões.

De acordo com os resultados, o novo caminhão elétrico emite apenas 0,05kg de CO2 por viagem – na prática, zero emissão de poluentes na atmosfera. Além disso, consome em média 1 kW/h por quilômetro, o que significa economia superior a 70% em relação ao similar movido a combustível fóssil. Sem contar a redução de manutenção e maior viabilidade de entregas em determinados locais, devido à ausência de ruído dos veículos. “Ficamos muito satisfeitos com a eficiência dos caminhões que foram testados e enxergamos o retrofit como uma alternativa para acelerar a entrada de veículos elétricos na operação, reduzindo a emissão de poluentes em todo o ecossistema”, comenta Marco Aurélio Filho, gerente de Suprimentos Logística da Ambev.

Com início da operação prevista para junho de 2021, os 102 veículos modificados irão rodar pelos centros de distribuição de Curitiba, Campinas e Embu das Artes, que tem como operador logístico o Grupo Imediato.

A iniciativa conta com a participação da Enel X, linha de negócio do Grupo Enel dedicada a produtos inovadores e soluções digitais e um dos líderes globais em mobilidade elétrica, que realizará o investimento na infraestrutura de recarga e no refrofit dos caminhões, e do Grupo Imediato, responsável por fornecer os caminhões, soluções logísticas e parte operacional.

Esse acordo é mais um passo para a meta da Ambev de reduzir em 25% a emissão de CO2 em toda sua cadeia até 2025, um compromisso assumido pela companhia em 2018 e que conta com outras iniciativas que você pode conhecer em https://www.ambev.com.br/sustentabilidade/acoes-climaticas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.