Weidmüller participa de projeto inovador

O aumento na demanda de respiradores artificiais, em decorrência da Covid-19, provocou inúmeros problemas de fornecimentos globais. Em meio a este cenário, muitas instituições e empresas estão desenvolvendo soluções para suprir a procura por esse aparelho e desta forma salvar vidas.

O projeto EOLO, um ventilador mecânico revolucionário, desenvolvido na Colômbia pela CSTP, uniu o know-how da Weidmüller a outras empresas locais e multinacionais, além dos conhecimentos e experiências de médicos especialista em unidades de terapia intensiva. O ventilador mecânico, desenvolvido para ser usado por qualquer paciente com insuficiência respiratória, possui uma tecnologia de ponta, que permite que seu monitoramento seja realizado remotamente através da tecnologia da Internet das Coisas (IoT).

A equipe de especialistas da Weidmüller Brasil e Colômbia participou e auxiliou no desenvolvimento do EOLO fornecendo treinamento dedicado em IoT, além de produtos como controlador de tempo real e IoT, I/Os, ethernet industrial e fontes de alimentação, capacitando o equipamento para acesso remoto e para a tecnologia IoT.

A solução desenvolvida pela Weidmüller possibilita que todos os dados e acompanhamento do paciente, além de ajustes do aparelho, possam ser realizados a uma distância segura e/ou remotamente através de um computador, tablet ou até mesmo do celular, mantendo os cuidados e atenção aos pacientes e minimizando o risco de contaminação cruzada de médicos e enfermeiros.

O EOLO possui grau de proteção IP 66 e já foi aprovado em diversos testes e avaliações que garantem a segurança, confiabilidade e qualidade para o tratamento de pacientes com Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.