Energia solar em Uberlândia é destaque

Segundo mapeamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), Uberlândia, em Minas Gerais, acaba de ultrapassar a marca de 50 megawatts (MW) operacionais em geração distribuída a partir da fonte solar. A cidade ocupa a primeira posição no ranking de cidades brasileiras com maior potência fotovoltaica em telhados e pequenos terrenos.

A cidade possui atualmente 3.267 sistemas fotovoltaicos em operação nas residências (81,1%), comércios (15,6%), rural (1,7%), indústrias (1,3%) e prédios públicos (0,3%), que abastecem 3.968 unidades consumidoras. Dentre os municípios de Minas Gerais, Uberlândia é a primeira em potência instalada, seguida por Belo Horizonte, Montes Claros e Governador Valadares.

No estado de Minas Gerais como um todo, a geração distribuída solar fotovoltaica ultrapassou recentemente a marca de 800 megawatts (MW) operacionais em geração distribuída. Na comparação com os demais estados do Brasil, os mineiros ocupam a primeira posição no ranking estadual da geração distribuída solar fotovoltaica.

Ao todo, o território mineiro possui 68.714 sistemas fotovoltaicos em operação no segmento de geração distribuída, presentes em 98% dos municípios do estado. De acordo com a ABSOLAR, Minas Gerais representa 19,5% de toda a potência instalada em geração distribuída solar no Brasil.
De acordo com Rodrigo Sauaia, presidente executivo da ABSOLAR, o Brasil é uma nação solar por natureza. “Mesmo na região sudeste do País, com clima mais ameno, a produtividade da tecnologia fotovoltaica é maior do que em países líderes do setor, como Alemanha, Japão e Reino Unido”, comenta.

“A solar fotovoltaica reduz os custos de energia elétrica da população, aumenta a competitividade de empresas e produtores rurais e desafoga o orçamento do poder público. Nosso País possui condições privilegiadas para se tornar uma liderança mundial no setor”, acrescenta Bruno Catta Preta, coordenador estadual da ABSOLAR em Minas Gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.