Linha de transmissão subterrânea

A Enel Distribuição São Paulo, concessionária de energia elétrica que atua em 24 municípios da Grande São Paulo, deu início às obras de modernização da Linha de Transmissão Subterrânea (LTS) Centro-Augusta. O projeto, que irá demandar um investimento total de R$ 26,5 milhões, beneficiará 13 mil clientes comerciais, residenciais e poder público dos bairros da Santa Cecília, Bela Vista, Consolação, Jardim Paulista e Higienópolis, região central da capital paulista.

Créditos: Shutterstock

O projeto da LTS Centro

Augusta consiste em uma linha de transmissão subterrânea de 2,8 quilômetros de extensão, com 120 MVA de capacidade de transporte de energia e tensão de 88 kV (88.000 Volts). O reforço na capacidade do sistema de subtransmissão traz mais confiabilidade e segurança ao sistema elétrico, melhorando a qualidade do fornecimento de energia e viabilizando o desenvolvimento socioeconômico da região ao permitir a instalação de novos prédios residenciais e estabelecimentos comerciais na localidade.

Parte das obras civis já estão concluídas, como a abertura de valas, instalação de linha de dutos e o recapeamento asfáltico das vias. A LTS Centro-Augusta conta com traçado definido para as seguintes vias públicas: Alameda Glete, ruas Martin Francisco, Canuto do Val e Aureliano Coutinho (Santa Cecília), ruas Sabará, Mato Grosso e Coronel José Eusébio (Higienópolis), ruas da Consolação, Fernando de Albuquerque e Augusta (entre os bairros Bela Vista, Consolação e Jardim Paulista).

“Este projeto reforça o compromisso da Enel Distribuição São Paulo em melhorar a qualidade do fornecimento de energia para os seus 7,4 milhões de consumidores, contribuindo para o desenvolvimento dos 24 municípios de nossa área de concessão. Desde a aquisição da antiga Eletropaulo, em julho de 2018, a Enel Distribuição São Paulo já investiu mais de R$ 2,6 bilhões no sistema elétrico”, diz o responsável pela área de Infraestrutura & Redes da Enel Distribuição São Paulo, Rosario Zaccaria. A expectativa é de que a LTS Centro-Augusta entre em operação comercial em dezembro deste ano.

#RedesdoFuturo

As obras na LTS Centro-Augusta dão continuidade aos investimentos para reforçar a capacidade de distribuição de energia no sistema elétrico da concessionária, por meio de obras estruturais na construção, ampliação e modernização de subestações e linhas de transmissão nos 24 municípios da sua área de concessão. Em 2020, a companhia destinou R$ 93,5 milhões em 29 obras em subestações e linhas de subtransmissão.

Entre os projetos realizados pela Enel Distribuição São Paulo no ano passado estão as ampliações das subestações Anhembi e Cambuci, que receberam R$ 10,9 milhões e R$ 5,5 milhões em investimentos, respectivamente. Ao todo, as obras realizadas em 2020 ampliaram a capacidade de distribuição de energia elétrica do sistema em 53 MVA, beneficiando 1,2 milhão de clientes da concessionária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.