Iluminação é recurso estratégico para a experiência em serviços de saúde

A indústria de iluminação vem revelando aos gestores de hospitais, clínicas e centros de saúde possibilidades que vão muito além dos serviços básicos. Novos produtos e tecnologias vêm sendo procurados tanto com o foco econômico de maior durabilidade e eficiência quanto em ferramentas que podem melhorar as experiências de todos os envolvidos: profissionais, pacientes e familiares.

Especialistas indicam, contudo, que esses recursos, por si, não são capazes de entregar resultados perceptíveis para quem administra e para quem utiliza esse tipo de serviço. “Sem planejamento, sem estratégia, o produto é só uma peça ou possibilidade. O seu potencial real só é atingido com o uso inteligente, uma aplicação direcionada, pensada para cada tipo de situação ou necessidade. Considerando um ambiente hospitalar, temos um universo enorme a ser explorado”, diz Ivan Romão, gerente da Expolux.

Iluminação x Serviços de Saúde

A base de todo projeto sempre será o respeito às regulamentações vigentes e isso deve ganhar um reforço ainda maior quando a aplicação é a área da saúde. Entre elas, está a Norma 5413 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que trata das especificações para iluminação de todos os espaços de um hospital, por exemplo.

O LED segue como tecnologia mais indicada pela durabilidade, possibilidades de aplicação e economia de energia. Ao mesmo tempo em que um projeto especializado pode contribuir para a produtividade dos colaboradores com um ambiente agradável, pode realmente fazer a diferença na jornada do paciente ou dos que o acompanham.

“Imagine como a simulação do ciclo de iluminação natural, por exemplo, impacta na qualidade do sono e até no humor dos pacientes. Além disso, a realização de um procedimento no meio da madrugada, com uma luz direcionada, sem a necessidade de incomodar os que estão descansando ou acordar quem está em uma área de enfermaria, dividindo espaço com outras pessoas”, comenta o executivo.

A questão da assepsia também é um ponto importante para as instituições. O uso calculado da luz ultravioleta (UVC), por exemplo, é eficaz na inativação de vírus como o que provoca a Covid-19. Especialistas alertam, entretanto, que o uso para esse fim deve ser acompanhado de uma série de cuidados e preparos, como equipamentos de proteção individual, uma vez que a radiação ultravioleta é nociva ao organismo.

Oportunidades

A pandemia enfrentada nos últimos dois anos voltou olhares para questões de atendimento e estrutura nos serviços de saúde. Gestores de centros e unidades hospitalares passaram a buscar soluções que integram sustentabilidade e automação, o que configura um bom momento para indústria de iluminação.

“Acredito fortemente no encontro entre necessidades e soluções. O administrador do hospital geralmente não tem ideia do que o mercado pode oferecer. Na outra ponta lightng designers, engenheiros e arquitetos precisam entender o tamanho da oportunidade em fornecer para a área. Isso já está acontecendo, mas é preciso que ganhe um impulso ainda maior”, finaliza Ivan.

“Iluminação e Saúde” é um dos temas do SIMPOLED

No próximo dia 02 de agosto, começa em São Paulo a Feira Internacional da Iluminação, a Expolux. Uma das experiências da programação deste ano é o Simpósio Internacional de Iluminação, o SIMPOLED, que abordará, entre outros temas, a “Aplicação de Led UV na Desinfecção Ambiental” com o palestrante internacional Guobiao Lin, e “Luz e Saúde”, que será apresentado pelo Dr. Ruy Soares, doutorando e Mestre em Tecnologia da Arquitetura pela FAU-USP.

Mais informações sobre a Expolux e o SIMPOLED, bem como a programação completa, no endereço: https://www.expolux.com.br/pt-br/experiencias/simpoled.html#/sessions/day/0

Serviço

SIMPOLED

Data: 02 a 05 de agosto como parte da programação da Expolux

Local: Expo Center Norte – São Paulo

Público: Profissionais da indústria de iluminação, engenheiros, arquitetos, lighting designers e gestores públicos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.