Balanço do Instituto EDP

O Instituto EDP, organização que coordena as ações socioambientais da EDP, beneficiou mais de 354 mil pessoas direta e indiretamente ao longo de 2021. Foram R$ 22,2 milhões investidos e 66 projetos realizados para o desenvolvimento das comunidades nos estados onde o Grupo EDP está presente: Amapá, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará, Rio Grande do Norte, São Paulo, Rio Grande do Sul e Tocantins.

Créditos: Shutterstock

Os recursos foram aplicados em iniciativas relacionadas a cultura, saúde, educação, esporte, diversidade, empreendedorismo social e combate à fome. Programa mais duradouro do Instituto, o EDP nas Escolas chegou à sua 20ª edição proporcionando inclusão digital, experiências extracurriculares aos alunos, capacitação aos docentes e melhorias na infraestrutura das escolas beneficiadas.

Além dos projetos consolidados, outros novos foram lançados. Em 2021, o Instituto EDP iniciou o Programa Lab de Impacto Social, que busca engajar organizações sociais e parceiros da EDP a adotarem uma cultura de mensuração de impacto social e ambiental de suas ações. Nove instituições foram selecionadas para participar: Agência de Desenvolvimento Econômico Local (ADEL); Associação Amigos da Justiça, Cidadania, Educação e Arte; Associação dos Amigos da Arte (AAMARTE); Associação Litro de Luz; Atitude Inicial; Instituto Futebol de Rua; Instituto Phomenta; Instituto Verdescola e Moradigna. Ainda no âmbito social, o edital de apoio a instituições destinou R$ 7 milhões a projetos que beneficiaram diretamente mais de 73 mil pessoas, entre idosos, crianças e adolescentes, por meio do esporte e da promoção à saúde. Foram 38 instituições apoiadas.

Na cultura, dois importantes temas marcaram o ano: a reinauguração do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo (SP), e a adesão ao projeto Resgatando a História, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Fechado desde que foi atingido por um incêndio, o Museu foi reaberto ao público em julho, com o apoio da EDP, principal patrocinadora de sua reconstrução. Também com o intuito de contribuir para a preservação do patrimônio histórico e cultural, o Instituto EDP formalizou sua adesão ao projeto do BNDES, que visa a restaurar e revitalizar o patrimônio material, imaterial e de acervos memoriais de todo o País. Como primeiras ações dentro do projeto Resgatando a História, o Instituto anunciou o apoio à reforma do Teatro Carlos Gomes (ES), com investimento de R$ 1,9 milhão, do Circuito Jesuítico (ES), com R$ 750 mil em recursos, e do Complexo Ferroviário de Taubaté (SP), com investimento de R$ 300 mil. Vale destacar ainda a continuidade do apoio à restauração do Museu do Ipiranga (SP), com mais de R$ 3 milhões em investimentos.

Ainda em 2021, a Companhia realizou doações para o combate à Covid-19 por meio do Instituto EDP. Os recursos foram utilizados para a contratação de profissionais de saúde pelo Hospital das Clínicas de São Paulo, doação de cestas básicas, abertura de leitos hospitalares no Espírito Santo e projetos de eficiência energética, dentre outros.

“2021 foi um ano bastante desafiador, mas também recompensador. Mesmo com a continuidade da pandemia de Covid-19, ampliamos a atuação do Instituto, realizando trabalhos de impacto junto a projetos sociais já maduros ao mesmo tempo em que alçamos novos voos. Acima de tudo, pudemos manter a essência de atuar de maneira responsável para modificar positivamente a realidade das comunidades nos estados onde atuamos”, afirma João Marques da Cruz, presidente da EDP no Brasil. Sobre o IEDP – Desde que foi fundado, em 2009, o Instituto EDP já investiu mais de R$ 150 milhões em projetos socioculturais que beneficiaram mais de 3,3 milhões de pessoas, em aproximadamente 530 programas espalhados por todo o País. Somente em 2021, iniciativas apoiadas pela organização favoreceram mais de 354 mil brasileiros. O Instituto EDP tem como responsabilidade estruturar os investimentos e as iniciativas sociais da EDP em frentes ligadas à valorização da Língua Portuguesa, à educação, ao desenvolvimento local com geração de renda, ao empreendedorismo e ao voluntariado, por meio do esporte, cultura e saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.